Minha História com o Mini Cooper (ou sem ele)

16 04 2009

E não é que eu fui convidado para o lançamento do novo carro da BMW?

Mini Cooper da BMW

O engraçado é que durante muito tempo, eu com minha mente de nerd, sempre imaginei que para o Brasil um carro pequeno, compacto, simples, leve e barato fosse muito bom. Sempre pensei que para mim que morava sozinho, um carro desses ia ser perfeito! Eu só ia precisar sair de casa para ir à faculdade, ao mercado e para as festas e baladas. O melhor de um carro desses é que eu não ia ter problema com estacionameto ou balisa, principalmente aqui em Curitibna.

Não sei o que acontece com Curitibanos quando estacionam, mas eles sempre deixam um espaço na frente e atrás do carro suficiente para um veículo, mas nunca para o carro que você está dirigindo. É o tipo de espaço que, se o motorista tivesse bom senso, ele deixaria ou na frente ou atrás e caberia facilmente mais um carro, mas não, ele ocupa DUAS vagas.

Com um carro desses, pequeno e ágil, eu não teria esse problema.

Foi quando em 2003, enquanto estava na Oktoberfest em Blumenau, resolvi ir ao cinema. Estava em cartaz um filme com atores que gosto muito, como Donald Sutherland e Edward Norton, além da maravilhosa Charlize Theron, por quem me apaixonara uns anos antes quando vi Advogado do Diabo. Mas, é claro que na época não podia falar nada, pois estava namorando. Agora que estou solteiro, posso dizer livremente o quanto admiro e aprecio seu talento.

Mas a história era sobre a Oktoberfest. Esse filme que fui ver, com minha namorada que havia ido comigo para a Oktober, era The Italian Job, conhecido aqui no Brasil como Uma Saída de Mestre. Esse filme conta a história de um grupo de ladrões que resolve assaltar um banco em Venesa e conseguem muito, mas MUITO dinheiro. Todos tinham grandes planos, mas no final, um desses ladrões roubou os outros e ficou com todo o dinheiro e todos os planos e sonhos dos outros ladrões.

Foi então que esse grupo, liderado por Mark Walberg (numa atuação que não chamou muito a atenção, diga-se de passagem) junto com a maravilhosa Charlise Theron e os outros ladrões, conseguiram roubar de volta o dinheiro roubado pelo primeiro ladrão, interpretado por Edward Norton. De tanto que eles roubaram, esse filme poderia ter se chamado no Brasil “Ladrão que Rouba Ladrão…” ou simplesmete “100 anos de perdão” que com certeza o brasiliero iria entender o recado.

Mas, além da trama emocionante e da maravilhosa Charlise Theron (eu não vou cansar de dizer que ela é maravilhosa, porque ela é e ponto), uma das coisas que mais me chamou a atenção foram os carros que eles usaram. Pela primeira vez eu vejo um filme que pensa na praticidade na hora de roubar e não no estilo. Todos os outros filmes de ladrões que viamos, como 60 Segundos, mostram ladrões com carros estilosos. Mas esses ladrões precisavam de carros pequenos e leves. Para quê? Para andar em corredores das casas e descer escadas do metrô.

Foi então que eu conheci o Mini Cooper. E vi que realmente aquele carro que eu tanto sonhara, pequeno, ágil, simples, leve, que pudesse subir e descer as escadarias da Santos Andrade, realmente existia! Mas não no Brasil. Mas por quê? Será que as grandes montadoras achavam que o Brasileiro só gostava do Gol e carros desse tipo?

E pensei que talvez as montadoras construíssem perfis de seus usuários em diferentes países. As montadoras estadunidenses, como a GM e a Chrysler, faziam para os Estados Unidos carros muito grandes e pouco econômicos, enquanto esses carros menores eram feitos para a Europa. Para o Brasil, tínhamos os carros populares como o Gol, o Pálio, o Celta e outros carros desses que se parecem entre si. Mas mesmo assim, para mim, ainda não fazia sentido não termos carros compactos aqui no Brasil!

Mais Charlise Theron, só pra constar

Mas, não é preciso esperar mais. Porque a BMW resolveu lançar este mês o Mini Cooper em território Tupiniquim! É claro que ela não vem com a maravilhosa Charlise Theron ou alguma mulher que se pareça com ela, mas mesmo assim é uma ótima notícia!

Mas, como nem tudo são rosas, essa excelente notícia vem com uma má notícia: o preço aqui no Brasil desse carro mais do que maravilhoso chega perto de espantosos (e nem um pouco maravailhosos) R$100 mil (cem mil reais)!! Com esse preço, dificilmente poderia adquirir um de meus sonhos de consumo.

Mas, como nem tudo são espinhos, não sei como, mas eu consegui ser convidado para participar do lançamento do Mini Cooper aqui em Curitiba! Então, por mais que eu não possa adquirir um carro desses, vou poder chegar MUITO perto deles.

Realmente, eu não sei como foi que ganhei, só sei que eu fui o quarto nome confirmado de 12 escolhidos via Twitter. Durante o dia, recebi várias indicações de pessoas que achavam que eu merecia ir nesse evento. A todos vocês, meu grande obrigado! E, quando cheguei em casa de noite, depois de um longo dia de trabalho e reuniões, enquanto estava no Twitter, resolvi entrar na brincadeira. Fiz minhas indicações e mandei um Twit pra organização do evento dizendo:

@MINICooper_BR Se eu puder fazer uma campanha pra minha indicação, tenho podcastS e blogS e sempre uso o #N95 pra Twittar! =D

E não é que deu certo? Minutos depois disso recebi a confirmação de que meu nome estaria na lista de convidados! Antes de mim, haviam sido confirmados os nomes do Alottoni e do Azaghâl, do Jovem Nerd e um cara de Joinville que tem um blog de carros. Não sei o que eles usaram como critério, mas aposto que dizer que uso meu N95 ajudou. O mais legal é que depois de mim, os nomes indicados todos foram todos do Curitiblogs! Então estarei lá entre amigos…

É por isso que enquanto estiver lá vou, além de twittar as novidades, twitpicar as fotos que tirar de lá e também ou aproveitar para gravar minhas impressões e lançá-los como episódios do Projeto Ouça Bem!

Então, se vocês quiserem saber novidades do lançamento, fiquem de olho no meu Twitter @passis e depois aqui com os podcasts que irei lançar. E também, assim que conseguir, vou lançar no Nerd Curitibano, um review técnico sobre o Mini Cooper, já que vou ter visto ele de perto e talvez feito um test drive. Mas pelo menos terei várias fotos! E quando fizermos um NerdExpress sobre carros, vou poder contar mais sobre a minha experiência com o Mini Cooper.

O evento é amanhã, 16 de abril, a partir das 19hs. Então, fiquem espertos e acompanhem as novidades! E visitem o site oficial para mais informações.


Ações

Information

2 responses

16 04 2009
Pahbloo Marks

Engraçado. Essa é mais ou menos a mesma história que tenho com o Smart fortwo. Só que foi com os filmes “A Pantera Cor-de-Rosa” (que gostei) e “Garfield 2″ (terrível, mas também tem o fortwo). Por que nenhum desses dois filmes tem uma Charlise Theron?

O fortwo também vai começar a ser importado para o Brasil por um preço que não vale a pena. E não, eu não fui convidado para o lançamento.

De qualquer forma, bom evento e espero que você ganhe um exemplar do produto promovido, a exemplo do pessoal do #lgrenoir. [modo AlimentandoFalsasEsperancas on]

29 04 2009
Clarissa

O mini cooper já passou por várias edições até a atual.
Acho que você vai gostar de ler este artigo do ComoTudoFunciona sobre ele – http://carros.hsw.uol.com.br/mini-cooper.htm
Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: